quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Karl Marx explicado

São 100 anos da Revolução Russa no dia 25 de Outubro. Para os esquerdistas, um avanço social inegável. Para as pessoas normais, a URSS (o fracasso fala por si). Esse post é para aqueles que desconhecem a importância da "filosofia" (rsrsrs) de Karl Marx neste processo revolucionário.


Quem foi Karl Marx

O grande pensador Karl Marx influenciou diversas áreas do saber, como a sociologia, economia, filosofia, pedagogia, física, biologia, dramaturgia, agricultura, culinária, adestramento de animais, moda, medicina alternativa e cultivo de enteógenos. O seu maior feito foi ter fundado a religião preferida dos maiores psicopatas da história da humanidade. Apesar do nome, não tinha qualquer relação com os Irmãos Marx. Ele se chamar Marx e ser humorista é apenas coincidência. 

Enfim, é sempre um trabalho duro falar desse cara. Por isso, marxistas não costumam fazê-lo, já que não gostam de trabalhar. E se eu tentasse listar todos seus feitos, eu certamente terminaria quando as classes forem abolidas, ou seja, nunca. 


Por que estudar Karl Marx

Estudar Karl Marx não é apenas uma questão de escolha, mas de sobrevivência, sobretudo nesse país, que, pelas minhas contas, parou ali por volta de 1917.

Já li muito esse véio maldito e confesso que sempre reflito sobre suas teorias. Até finjo diálogos comigo mesmo, às vezes com Engels, ou às vezes me imagino numa grande assembleia discursando para todos os camaradas mais influenciados por Marx ao longo do tempo, como Lênin, Fidel, Stálin, Hitler e Barack Obama (Lula certamente também seria influenciado se soubesse ler). De vez em quando falo sozinho na rua sobre o marxismo, e como acham que sou louco, fico exatamente igual a um marxista.

Mas, apesar de todas suas habilidades, havia algo em que o fundador do comunismo era péssimo. Ele não conseguia escrever com clareza, visto a quantidade de deturpações que sua magnífica obra sofreu na história. Como eu compreendo suas teorias muito bem, resumirei aqui, brevemente e em linguagem didaticamente simples, seu brilhante pensamento (prepare-se para a epifania).


Entendendo Karl Marx



O universo inteiro pode ser explicado facilmente através do tempo:

Passado

A história da humanidade é feita de guerras de classes. Sempre uma classe quer dominar a outra. Sempre foi assim e assim será até surgir um líder que realmente consiga interpretar os livros de Marx da maneira certa.

Presente

A classe dominante, ou seja, a burguesia, domina o proletariado ao lucrar em cima do seu trabalho. Os capitalistas impõem sua visão de mundo a todos. Segundo Marx, você pensa o que pensa porque os ricos fizeram você pensar assim. O seu argumento não interessa. Foi a classe dominante que o pôs na sua cabeça. E se você discorda disso, significa que você pensa assim porque a classe dominante fez você pensar assim. Se você rebater essa ideia, o argumento se repete. É um loop infinito e uma boa maneira de estar sempre certo.

Sim, Marx criou um argumento irrefutável. E se você acha que ele está errado, pense na quantia de gente das classes inferiores que passou a andar de quatro, relinchando por aí, depois que os marxistas viraram a elite.

Futuro

Apesar de toda a opressão, haverá um futuro redentor para a humanidade. Nesse porvir, o proletariado tomará o poder, estatizará tudo, centralizará tudo e imporá uma ditadura* e, depois, tchanam!, fim do Estado e paz na terra entre os homens. Marx nunca especificou ao certo como isso acontecerá, mas que acontecerá, acontecerá!


Desenhando para quem não compreendeu

Colocando, então, num esquema simples, o processo revolucionário fica assim:

1. Tomada de poder; > 2. Ditadura do proletariado; > 3. Fim de todas as classes e de toda a opressão humana, em suma, libertação dos homens e fim de todos os problemas da terra.

Para ficar ainda mais fácil de compreender o processo, eu o desenhei:


* A ditadura do proletariado é imposta aos burgueses. Essa parte nenhum líder comunista entendeu: eles acharam que era pra ser ditatorial com o proletariado, por isso escravizaram o seu povo e mataram milhões. Mas é só um errinho pequeno que nem faz diferença. No futuro dará certo.


Conclusão

Marx, então, com toda sua genialidade, descobriu o sentido da vida, o significado do passado, o que acontecerá no futuro, em resumo, toda a verdade da existência. Desvendou o ciclo da vida e tudo o que acontece ali dentro sob o ponto de vista da eternidade. Um gênio único, inalcançável, divinal. Por isso, amiguinhos, não o interpretem mal. Ele sabia do que estava falando. Vote 13.

0 comentários:

Postar um comentário